Maia diz que partidos precisam fechar logo um candidato à presidência da Câmara

260

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou a jornalistas nesta quinta-feira (10) que os partidos aliados a ele precisam “fechar o nome do candidato para que fique mais fácil essa articulação”, referindo-se ao pleito à presidência da Câmara dos Deputados, que deve ocorrer em fevereiro de 2021. Maia disse achar que “fica cada vez mais claro” que é um ambiente da “candidatura” do Bolsonaro e uma outra candidatura “que vai se consolidar”, disse.

Esta semana o líder do PP, Arthur Lira (PP-PI), anunciou sua pré-candidatura. Lira é um dos principais articuladores do governo Bolsonaro na Casa. Ontem à noite, em suas redes sociais, Maia mostrou-se contrariado a uma afirmação de Bolsonaro, a qual mostrava o interesse do presidente por um representante da Câmara para tocar uma “pauta ambiental, armamentista e de costumes”.

“O nosso candidato terá compromisso com a agenda econômica e não com uma pauta armamentista, de costumes, de desrespeito ao meio ambiente, que dividirá a sociedade e atropelará as minorias”, disse Maia.