Lula não tratou de questões sobre sucessão da Vale, garante Silveira

203
O ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira | Foto: Tauan Alencar

São Paulo, 26 de janeiro de 2024 – O ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira, garantiu que, em nenhum momento, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tratou de questões sobre a sucessão na Vale. “O presidente tratou comigo sobre Mariana, Brumadinho, segurança de barragens e licenciamento céleres”, completou o ministro.

 

“Fiquei surpreso com a injustiça feita nas últimas 48 horas. Lula nunca se disporia em fazer uma interferência numa empresa de capital aberto. A proporção que esse assunto tomou me surpreendeu e não é boa para o país, para a empresa, para o governo. Não é boa para ninguém”, disse, se referindo as informações que circularam na empresa de que Lula teria pedido para o ministro contatar conselheiros para colocar na presidência da Vale o ex-ministro Guido Mantega.

 

“Eu não liguei para nenhum conselheiro em nome de Mantega. A questão é absurda e fora de qualquer parâmetro. Ninguém falou o que eu teria dito e para qual conselheiro eu teria ligado. O governo não é controlador da Vale e o presidente Lula quer que a empresa cumpra com seu dever social”. disse. Para Silveira, Lula foi extremamente injustiçado “nesse processo e nessas divulgações”.

 

Silveira também se considerou “massacrado nas últimas 48 horas. Em nenhum momento fiz referência de indicação do governo” para a Vale.

 

Copyright 2024 – Grupo CMA