Lucro líquido dos bancos brasileiros caiu 22% no trimestre, diz Bank of America

Os encargos de provisão dos bancos brasileiros aumentaram 36% na comparação anual

160
Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real. (Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil )

São Paulo – Os bancos brasileiros apresentaram declínio de 22% do lucro líquido no terceiro trimestre, em base de comparação anual, o que representou melhora em relação à queda de 38% no indicador registrada no trimestre anterior e a uma recuperação no ROE para 15,1%, de um mínimo histórico de 12,2% no segundo trimestre, disse o Bank of America (BoFA).

Em relatório, os especialistas apontaram que os encargos de provisão dos bancos brasileiros aumentaram 36% na comparação entre os terceiros trimestres de 2020 e 2019, mas desaceleraram de um crescimento de 97% no segundo trimestre e destacaram que os índices de inadimplência melhoraram 50 pontos-base no trimestre, artificialmente suportados pelos períodos de carência oferecidos pelos bancos, levando o índice de cobertura a um novo máximo histórico de 320%.

“A evolução da margem financeira deteriorou-se, visto que o forte crescimento do crédito foi compensado por spreads mais baixos e mix mais fraco, enquanto as receitas de comissões recuperaram mais rápido do que o previsto devido à reabertura de economia. Do lado positivo, o setor continuou a reduzir os custos operacionais nominalmente”, disse o relatório.