Lucro líquido da Engie Brasil sobe 66,7% no 4T20, para R$1,029 bi

172
Foto divulgação: Engie Brasil

São Paulo – O lucro líquido da Engie Brasil cresceu 66,7% no quarto trimestre de 2020, em comparação com igual período do ano passado, para R$ 1,029 bilhão. Em todo o ano de 2020, o lucro líquido somou R$ 2,797 bilhões, alta de 21% na comparação anual.

A receita operacional líquida do período foi de R$ 3,76 bilhões, alta de
34,9% em base anual. Em 2020, o mesmo indicador avançou 25%, totalizando R$
12,2 bilhões.

No trimestre, o ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 73,7%, para R$ 2,28 bilhões. Em todo o ano de 2020, o ebitda alcançou R$ 6,48 bilhões alta de 25,7%.

No trimestre, a Engie Brasil vendeu 4.485 megawatts (MW) médios de energia, retração de 1,3% na comparação com o volume comercializado no mesmo período do ano anterior. O preço líquido médio de venda ficou em R$ 190,87 por megawatts-hora (MWh), alta de 0,2%, na mesma base de comparação.

A produção bruta de energia elétrica foi de 4.628 MW médios no trimestre, 10,7% inferior ao mesmo intervalo de 2019.

Ao final do trimestre, a dívida líquida da empresa era de R$ 11,7 bilhões, alta de 15,6% na comparação anual. A alavancagem, medida pela relação dívida líquida por ebitda, encerrou o período em 1,8 vez.