Lucro da Energias do Brasil cai 8,3% no 1T20, para R$ 271 mi

179

São Paulo – O lucro líquido da Energias do Brasil recuou 8,3% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 271 milhões, mesmo diante de um aumento de 14,7% na receita, para R$ 3,275 bilhões.

Segundo a empresa, os resultados foram moderadamente impactados pela pandemia do novo coronavírus.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia caiu 1% no primeiro trimestre, a R$ 698 milhões, e o ebitda ajustado, que exclui os efeitos não recorrentes, caiu 7,0%, para R$ 604,5 milhões.

A dívida líquida da EDP no período cresceu 5,4% para R$ 5,9 bilhões, o que corresponde a duas vezes o ebitda.