Lucro líquido da EDP soma R$ 237 mi no segundo trimestre

100

São Paulo – O lucro líquido da Energias do Brasil (EDP) cresceu 25,5% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 237 milhões. O lucro líquido ajustado, por sua vez, foi de R$ 197,5 milhões no período, alta de 21,5% na base anual.

No período, a receita líquida total da empresa caiu 6,1% e totalizou R$ 1,6 bilhão.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou R$ 586,5 milhões no trimestre, alta de 5,5% em base anual. O ebitda ajustado, que exclui os efeitos não recorrentes, subiu 2% no período, para R$ 526,3 milhões.

Ao final do trimestre, a dívida líquida da Energias do Brasil era de R$ 5,750 bilhões, alta de 3,5% na comparação anual. A alavancagem, medida pela relação dívida líquida por ebitda, encerrou o período em 2,2 vez, alta de 0,2 ponto percentual (pp).