Lucro líquido da Cielo sobe 34,7% no 4T20

Divulgação: Logo da Cielo

São Paulo – A Cielo registrou lucro líquido de R$ 298,2 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 34,7% na comparação anual.

Na comparação com o trimestre anterior, o resultado foi impulsionado por melhora em todas as unidades de negócio: Cielo Brasil (adquirência), Cateno e Outras Controladas, com destaque para a recuperação dos volumes na Cielo e na Cateno, e para o controle dos gastos, com custos e despesas operacionais abaixo do observado no 3T20.

A receita operacional líquida foi de R$ 3,022 bilhões, alta de 1,5 % ante igual período de 2019, enquanto a receita de aquisição de recebíveis líquida caiu 66,1% no trimestre e somou R$ 81,6 milhões.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização) subiu 16% e somou R$ 768,2 milhões, na mesma base de comparação. No trimestre, o volume financeiro de transações foi de R$ 190 bilhões, alta de 0,3% ante igual intervalo do ano anterior.

Os gastos totais da Cielo no período foi de R$ 2,551 bilhões, 2,8% menor que o visto no mesmo período de 2019.

Bruno Soares / Agência CMA