Lucro da Cielo encolhe 68% no 4º tri de 2019

317
Divulgação: Logo da Cielo

São Paulo – A Cielo registrou lucro líquido de R$ 242,4 milhões no quarto trimestre de 2019, uma queda de 68% na comparação com o mesmo período de 2018.

A receita operacional líquida foi de R$ 2,975 bilhões, baixa de 1,2% ante igual período de 2018, enquanto a receita de aquisição de recebíveis líquida caiu 22% no trimestre e somou R$ 240 milhões, refletindo o aumento da concorrência do setor, parcialmente compensado pelo aumento do volume e pela maior demanda no pagamento em 2 dias

O ebitda (lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização) caiu 37,8% e somou R$ 680 milhões, na mesma base de comparação.

No trimestre, o volume financeiro de transações foi de R$ 190 bilhões, alta de 12% ante igual intervalo do ano anterior.

Os gastos totais da Cielo no período foram de R$ 2,600 bilhões, 20,4% maior que o visto no mesmo período de 2018, devido ao aumento de custos diretamente ligados ao volume transacionado, assim como aos gastos relacionados à expansão dos negócios da Stelo e da M4U.

A base ativa no final de dezembro totalizou aproximadamente 1,6 milhão de clientes, com um aumento de 17,7% em relação ao quarto tri de 2018, mantendo assim a tendência de crescimento vista ao longo de 2019.