Lucro recua no 1T20 e totaliza R$ 115 milhões

537
Foto divulgação: MRV

São Paulo – A MRV Engenharia registrou lucro líquido de R$ 115 milhões no primeiro trimestre de 2020, 39,1% menor que o visto no mesmo período do ano anterior. A receita operacional líquida retraiu 0,6% no período, para R$ 1,499 bilhão na mesma base de comparação.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 205 milhões no trimestre, queda de 24,9% ante o mesmo período de 2019.

No período, a geração de caixa da MRV ficou negativa em R$ 182 milhões, enquanto o custo financeiro alocado ao Minha Casa, Minha Vida (MCMV) caiu 5,4% no trimestre e totalizou R$ 45 milhões.

Segundo a companhia, a geração de caixa foi impactada um período de instabilidade nos repasses das vendas do MCMV, que durou até março, refletindo inconstância nos aportes de recursos da União para arcar com sua participação de 10% dos subsídios ainda que os 90% dos subsídios a serem depositados pelo FGTS estivessem devidamente disponibilizados.

No quesito distratos, a MRV registrou o menor volume para um primeiro trimestre em sua história, com uma redução de 27,8% a somar R$ 123 milhões

Ao final do trimestre, a dívida líquida era de R$ 1,252 bilhões, uma alta de quase de três vezes ante igual período do ano passado, A alavancagem, medida pela relação entre dívida líquida por ebitda 12 meses, ficou em 1,33 vezes no trimestre, alta de mais de três vezes na base anual.