Líderes mundiais parabenizam Joe Biden pela vitória nas eleições dos EUA

181
O ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo – Os chefes de Estado e de governo de diversos países do mundo parabenizaram o democrata Joe Biden pela vitória nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Os líderes da Rússia e da China ainda não se manifestaram.

“Parabéns a Joe Biden por ganhar esta eleição como presidente dos Estados Unidos e a Kamala Harris por sua conquista histórica”, disse o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, em comunicado. “Os Estados Unidos são nossos aliados mais importante e espero trabalhar de perto juntos nas nossas prioridades compartilhadas, de mudanças climáticas à segurança e comércio”.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, também parabenizou Biden, ressaltando que o povo norte-americano tomou sua decisão. “Desejo-lhe sinceramente muita sorte e muito sucesso e também gostaria de parabenizar Kamala Harris, a primeira vice-presidente eleita na história de seu país”, afirmou.

“Estou ansiosa para trabalhar com o presidente Biden. Nossa amizade transatlântica é indispensável se quisermos lidar com os grandes desafios de nosso tempo”, disse Merkel, em comunicado.

O presidente da França, Emannuel Macron, enfatizou que quer trabalhar em conjunto com a nova administração nos Estados Unidos. “Os norte-americanos escolheram seu presidente. Parabéns Joe Biden e Kamala Harris! Temos muito que fazer para superar os desafios de hoje. Vamos trabalhar juntos!”, disse.

A chefe da Comissão europeia, Ursula von der Leyen, disse que os Estados Unidos são amigos e aliados. “A Comissão Europeia está pronta para intensificar a cooperação com a nova administração e o novo Congresso para enfrentar os desafios urgentes que enfrentamos”, citando a pandemia, mudanças climáticas e segurança.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse ter um relacionamento pessoal longo e caloroso há quase 40 anos com Joe Biden, e também parabenizou Kamala Harris. “Eu o conheço como um grande amigo de Israel. Estou ansioso para trabalhar com vocês dois para fortalecer ainda mais a aliança especial entre os Estados Unidos e Israel”.

Netanyahu também agradeceu ao atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pela amizade ao estado de Israel e “por reconhecer Jerusalém e Golã, por enfrentar o Irã, pelos acordos de paz históricos e por levar a aliança americano-israelense a patamares sem precedentes”.

O presidente da Rússia, Vladmir Putin, ainda não se manifestou, e agências de notícias reportaram que ele está esperando o resultado oficial das eleições norte-americanas para reconhecer o novo presidente. Da mesma forma, o presidente da China, Xi Jinping, também não parabenizou Biden.