Líderes europeus chegam a acordo sobre orçamento e plano para covid-19

124
Foto: Mauro Bottaro/União Europeia

São Paulo – Os líderes europeus chegaram a um acordo sobre o próximo orçamento da União Europeia (UE) e sobre um pacote de apoio ao novo coronavírus no valor total de cerca de 1,8 trilhão de euros, que deve entrar em vigor em 1 de janeiro de 2021 e terá duração de sete anos.

“Finalmente conseguimos”, disse o enviado da Alemanha à UE, Michael Clauss. “Precisamos urgentemente do fundo de recuperação instalado e funcionando para amortecer as terríveis consequências econômicas da pandemia”, acrescentou.

O acordo foi alcançado na sequência de consultas intensas com o Parlamento e a Comissão Europeu, em curso desde final de agosto, e complementa o pacote financeiro abrangente de 1,824,3 trilhão negociado pelos líderes da UE em julho, que combina o próximo quadro financeiro plurianual – 1, 074 trilhão – e um instrumento de recuperação temporária de 750 bilhões.

O pacto ainda deve ser oficialmente endossado pelos ministros do bloco e por todo o legislativo da UE.

A Alemanha ocupa atualmente a presidência rotativa da UE. Clauss expressou esperança de que todos os países e legisladores entendam a necessidade de agir rapidamente para endossar o pacote. Ele disse que “ninguém precisa de novos obstáculos e atrasos”, já que a pandemia continua devastando as economias europeias.