Líderes do Senado acordam em votar crédito para compra de vacina na quinta-feira

177
Foto: AstraZeneca

Brasília – Senadores líderes entraram em acordo para votar na sessão desta quinta-feira (3) a Medida provisória (MP) 994/2020, que abre crédito extraordinário de R$ 1,995 bilhões para viabilizar a compra de tecnologia e produção para a vacina produzida em parceria entre a Fiocruz e o laboratório AstraZeneca. A matéria foi aprovada esta quarta-feira pela Câmara dos Deputados . Durante a sessão deliberativa de hoje líderes chegaram ao entendimento sobre a votação.

O laboratório desenvolve o imunizante em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino unido. A intenção, segundo o ministério da Saúde, é a produção de cerca de 100 milhões de doses com distribuição via Sistema Único de Saúde (SUS). Do valor aprovado, R$ 1,3 bilhão será destinado à compra da tecnologia e R$ 522 milhões serão destinados diretamente ao setor de desenvolvimento de vacina da Fiocruz.

Em audiência à comissão mista que acompanha o combate à covid-19, o ministro da Saúde, Eduardo pazuello, projetou a intenção do governo tem acordo de compra das 100 milhões de doses da vacina AstraZeneca para o primeiro semestre de 2021.