Japão confirma primeira morte pelo novo coronavírus no país

130

São Paulo – O ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato, confirmou a primeira morte por coronavírus no país. As informações são da agência de notícias “Sputnik”. A paciente era uma mulher de 80 anos e morava em Kanagawa, de acordo com a emissora japonesa “NHK”.

A mulher sentiu fadiga pela primeira vez em 22 de janeiro. Ela foi hospitalizada em primeiro de fevereiro após ser diagnosticada com pneumonia e fazer o teste para o novo coronavírus ontem, depois que seus problemas respiratórios pioraram. Os resultados voltaram positivos hoje depois que ela morreu, segundo a mídia.

A agência de notícias “Kyodo” informou no final do dia que a mulher não tinha ligações com a cidade chinesa de Wuhan, epicentro da epidemia. Isso marca a segunda morte por coronavírus fora da China, depois que um homem de 44 anos infectado com o vírus morreu nas Filipinas em 2 de fevereiro.O homem era um residente de Wuhan, que chegou às Filipinas em 21 de janeiro e desenvolveu sinais de pneumonia grave.

O vírus originado na China, oficialmente chamado Covid-19, foi detectado pela primeira vez em Wuhan no final de dezembro e, desde então, se espalhou para mais de 20 outros países. Até agora, o vírus infectou cerca de 60 mil pessoas em todo o mundo e matou mais de 1,35 mil pessoas.