Itaú Unibanco emite R$ 1 bilhão em letras financeiras

199
Foto: Divulgação/Itaú Unibanco.

São Paulo, SP – O Itaú Unibanco informou que realizou emissões de letras financeiras Subordinadas Nível 2 no montante total de R$ 1 bilhão. Sendo R$ 530 milhões com vencimento em fevereiro de 2034 e R$ 470 milhões com vencimento em fevereiro de 2039. As letras financeiras têm opção de recompra a partir de 2029 e 2034, respectivamente, e se sujeitam à prévia autorização do Banco Central do Brasil.

Nos termos da Resolução BCB N 122, as Letras Financeiras contribuirão para capital nível 2 do Patrimônio de Referência da companhia, com impacto estimado de 0,08 p.p no seu índice de capitalização Nível 2.

Segundo o comunicado, as emissões em questão têm como objetivo otimizar a estrutura de capital da companhia frente ao crescimento de seus ativos. Os recursos captados na emissão das letras financeiras serão destinados diretamente e/ou indiretamente por meio de suas subsidiárias ao reembolso de custos e despesas diretamente relacionados à aquisição de empreendimento imobiliário.

As letras financeiras foram subscritas pela Opea Securitizadora, que por sua vez emitiu Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) lastreados em Cédulas de Crédito Imobiliário (CCIs), que representam as Letras Financeiras. Os CRIs foram distribuídos por meio de oferta pública registrada automaticamente perante a CVM e destinada a investidores qualificados e profissionais.