Irã concorda em dar aos inspetores da AIEA acesso a duas instalações

222

São Paulo – O Irã concordou em conceder aos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) acesso a duas instalações nucleares até então fechadas para avaliação, segundo um comunicado conjunto da agência nuclear iraniana e da AIEA.

“O Irã e a AIEA chegaram a um acordo sobre a resolução das questões de implementação de salvaguardas especificadas pela AIEA; a este respeito, o Irã fornece voluntariamente à AIEA acesso aos dois locais especificados pela AIEA e facilita as atividades de verificação da AIEA para resolver esses problemas “, diz a nota.

Em junho, a AIEA informou que o Irã acumulou urânio enriquecido em níveis oito vezes superiores ao limite autorizado pelo acordo de 2015 e indicou que Teerã havia bloqueado por meses as inspeções em dois locais onde poderia ser registrada atividade nuclear.

Na ocasião, a agência expressou preocupação com a falta de acesso às duas instalações iranianas que estão entre as três que a AIEA relaciona com a existência de material nuclear não declarado e atividades no passado.

A liberação do acesso concedida hoje pelo Irã é um passo importante na tentativa de salvaguardar o acordo nuclear de 2015 do qual os Estados Unidos se retiraram em maio de 2018 e voltaram a reintroduzir sanções econômicas ao país. Em resposta, Teerã começou a se distanciar gradativamente do pacto, elevando a produção de urânio.