IPO da CSN Mineração deve ocorrer até fevereiro de 2021

229

São Paulo – A CSN Mineração deve abrir capital até fevereiro de 2021, com o objetivo de buscar independência e maior crescimento, segundo o diretor financeiro da companhia, Marcelo Ribeiro.

A companhia também apresentou projetos com foco em expansão e melhorias operacionais em andamento.

“Entre os pilares da nossa estratégia estão a expansão da capacidade adicional em Itabirito, a recuperação de rejeitos para produção de minério de baixo custo, aumento de capacidade em Itabirito e expansão do porto de Tacar, 400 milhões para 600 milhões de toneladas”, disse Eneas Diniz, diretor executivo da CSN Mineração.

Segundo executivo, esses projetos tiveram problemas com a obtenção de licenças ambientais, mas que, agora, elas já estão em andamento.

“O amadurecimento dos projetos de Itabirito nos permitiu iniciar o projeto Casa de Pedra e em 2021, teremos o início de projetos referentes ao nosso plano de expansão”, disse.

A unidade apresentou projeções otimistas com a revisão de guidance de concorrentes e demanda de países como Japão, China, Vietnã, Indonésia e Austrália.

O executivo também destacou a estrutura logística da companhia por meio da MRS.

A companhia disse que buscará alternativas de financiamento, mas que a situação de caixa atual, de R$ 37 milhões até 2025, é confortável e suficiente para financiar a companhia e alcançar alavancagem de 1x.