Intenção é que auxílio emergencial virar bolsa família melhorado, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes.

Brasília – O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a intenção do governo é que ao fim dos quatro meses de auxílio emergencial ele “aterrisse” como um “bolsa família melhorado”. “Continuamos com desafio de aterrissar o auxílio em um bolsa família melhorado. Já entramos com a vacinação e os informais já vão poder começar a trabalhar de novo”.

Guedes citou também a intenção de criar um novo programa social voltado aos trabalhadores informais que seria chamado de Bônus de Inclusão Produtiva (BIP).O ministro também voltou a afirmar que o país vai enfrentar a segunda onda da pandemia com vacinação em massa e privatizações.

Por fim, o ministro afirmou que a declaração de ontem de que o vírus da covid-19 teria sido criado na China e que a vacina norte-americana seria mais eficaz do que a vacina chinesa não foi interpretada corretamente e que a intenção dele não era essa e sim, afirmar que quando o vírus chegou a uma economia como a dos Estados Unidos, mesmo sendo desconhecido em pouco tempo se conseguiu criar uma vacina.