Inglaterra reduz de 7 para 5 dias isolamento de infectados pelo coronavírus

69

São Paulo – A partir da próxima segunda-feira, o período mínimo de quarentena na Inglaterra para aqueles que testarem positivo para covid-19 será reduzido de 7 para 5 dias, anunciou hoje o secretário de saúde do país, Sajid Javid.
“A partir da próxima segunda-feira [17], as pessoas poderão deixar o isolamento após 5 dias completos se testarem negativo nos dias 5 e 6”, publicou Javid em sua conta no Twitter.
Num discurso para o parlamento inglês mais cedo, Javid disse que dados da Agência de Segurança sanitária do Reino Unido mostram que “cerca de dois terços dos casos positivos de covid não são mais infecciosos a partir do final 5º dia” e “queremos usar a capacidade de teste que construímos para ajudar essas pessoas a deixar o isolamento com segurança”, completou.
Os indivíduos poderão deixar seu isolamento cinco dias após experimentarem sintomas ou receberem um resultado positivo do teste, seja qual for o primeiro, desde que tenham testagens negativas nos dias cinco e seis.
A medida tenta frear a escassez de mão de obra em meio ao surto da variante Ômicron na Inglaterra, mais transmissível, e cede à pressão de empresários e de outros setores da economia. Os ingleses seguem com elevado índice de contágio diário e totalizam 14.958.196 infecções, e 151.496 mortes pelo coronavírus.