Inglaterra aumenta restrições a viagens para conter Ômicron

Foto: freeimages.com/ - Carl Dwyer

São Paulo – O governo do Reino Unido decidiu apertar as restrições de viagens para estrangeiros ao afirmar que todos os passageiros que forem à Inglaterra precisarão fazer um teste de covid-19 antes de viajar.

Segundo o secretário britânico de Saúde, Sajid Javid, as novas regras já estão em vigor desde ontem. “À luz dos dados mais recentes, estamos tomando novas medidas para reduzir a incursão da variante Ômicron”, afirmou o secretário em publicação em uma rede social.

Javid também acrescentou a Nigéria à lista vermelha de viagens do Reino Unido, o que significa que passageiros que chegarem do país serão banidos, exceto em caso de residentes do Reino Unido ou da Irlanda, e estes precisarão se isolar em espaços de quarentena designados. Ele afirmou que há um “número significativo” de casos de Ômicron ligados a viagens ao país africano.

“As vacinas continuam sendo nossa primeira linha de defesa – a melhor maneira de proteger você e seus entes queridos. Vacine-se ou receba doses de reforço o mais rápido possível”, pediu o secretário.