Indústria encera 2020 esticando ciclo de recuperação, diz CNI

184

Brasília, 4 de fevereiro de 2021 – A atividade industrial encerrou 2020 com continuidade do ciclo de recuperação da indústria, após a crise gerada pela pandemia. O faturamento real cresceu 13,2% em dezembro na comparação com dezembro de 2019 e 0,8% em 2020 relação a 2019. Os dados são da pesquisa indicadores industriais da Confederação nacional da Indústria (CNI)

As horas trabalhadas tiveram crescimento de 9,7% em relação a dezembro de 2019 e queda de 4,1 no ano. Segundo a CNI, “já são oito meses ininterruptos de crescimento, uma alta acumulada de 38% entre maio e dezembro, mas insuficiente para compensar as quedas de março e abril”.

O emprego industrial não registrou nem queda nem crescimento em dezembro de 2020 na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No ano o emprego registrou queda de 2,1%. A massa salarial e o rendimento médio real tiveram queda de 5% em relação a dezembro de 2019 e queda de 4,6% e 3,7% no ano, respectivamente.

A utilização da capacidade instalada de dezembro alcançou 80,6%, em dezembro de 2019 ela estava em 77,8%. Em novembro ela estava em 79,9%.