Índice de preços ao consumidor da eurozona sobe 2,4% em abril em base anual

137
Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – O índice harmonizado de preços ao consumidor dos países que compõem a zona do euro subiu 2,4% em abril na comparação com o mesmo período de 2023, após a alta de 2,4% de março, segundo dados revisados divulgados pela agência de estatísticas Eurostat.

Em base mensal, os preços ao consumidor ficaram estáveis em abril de 2024. A previsão era de alta de 2,4% em base anual.

Em abril, a maior contribuição para a taxa anual de inflação da zona do euro veio dos serviços (+1,64 pontos percentuais, pp), seguidos por alimentos, álcool e tabaco (+0,55 pp), bens industriais não energéticos (+0,23 pp) e energia (-0,04 pp).

Já nos países que fazem parte da União Europeia, a inflação ficou em 2,6% em abril, mesmo valor registrado em março. Em base mensal, o índice ficou estável.

As taxas anuais mais baixas foram registradas na Lituânia (0,4%), Dinamarca (0,5%) e Finlândia (0,6%). As taxas anuais mais altas foram registradas na Romênia (6,2%), Bélgica (4,9%) e Croácia (4,7%).