Índia registra 368 mil casos de covid-19 em um dia, após recorde no sábado

Teste para o novo coronavírus / Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – A Índia registrou 368.147 casos de contágio pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, depois de alcançar o recorde diário de 400 mil infecções no final de semana, informou o Ministério da Saúde. As informações são da agência de notícias “Sputnik”.

O saldo atualizado inclui 19.925.604 casos confirmados de covid-19, entre eles 3.413.642 ativos, alta de 63.998 em um dia, e 218.959 mortes, avanço diário de 3.417. No dia anterior, 392.488 novas infecções foram notificadas, e 3.689 mortes.

No sábado, quando a Índia começou a vacinação contra covid-19 para todas as pessoas com 18 anos ou mais, relatou 401.993 novos casos das 24 horas anteriores – acima do recorde de sexta-feira 386.452 casos. Também registrou 3.523 novos óbitos.

Os casos ativos hoje representam 17,13% do total acumulado. A taxa de mortalidade é de 1,1%. O estado de Maharastra, no oeste do país, onde está localizada a cidade de Mumbai, continua a ser o território mais atingido por essa onda da pandemia, respondendo por 19,6% dos casos ativos.

Desde que a Índia começou a campanha nacional de imunização covid-19 em meados de janeiro, mais de 157,1 milhões de doses foram administradas, incluindo mais de 1,2 milhão nas últimas 24 horas.

O aumento de casos na Índia seguiu um afrouxamento das restrições e um grande número de encontros religiosos e políticos, além da propagação de uma nova variante detectada pela primeira vez no país.

Um número crescente de países está restringindo viagens da Índia. A partir de terça-feira os viajantes vindos da Índia estarão proibidos de entrar nos Estados Unidos, engrossando uma lista da qual já fazem parte Reino Unido, Canadá, Alemanha, França e Austrália