Ibovespa fecha em queda com vencimento de opções sobre o índice

Foto: Sergio Roberto Bichara / freeimages.com

O Ibovespa fechou em queda, descolando-se da leve alta registrada em Nova York, em um dia no qual o vencimento de opções sobre o índice provocou volatilidade. Mais cedo, a bolsa já era afetada pela cautela dos investidores em relação ao processo de impeachment movido contra o presidente em fim de mandato dos EUA, Donald Trump.

Com isso, o Ibovespa fechou em queda de 1,66%, aos 121.933,08 pontos, mas consideravelmente acima da mínima intraday de 121.015,60 pontos.

O dólar comercial fechou em queda de 0,20% no mercado à vista, cotado a R$ 5,3110 para venda, em sessão de forte volatilidade com o dólar ensaiando correção após a forte queda ontem no mercado doméstico e global, porém, calibrando a alta recente da moeda ante o real, que levou aos níveis de R$ 5,50.

O diretor superintendente de câmbio da Correparti, Jefferson Rugik, destaca “o retorno” da volatilidade e da amplitude da moeda estrangeira operando sem direção única em boa parte do pregão. “Abriu em alta, na faixa dos R$5,35, acompanhando o exterior em dia de aversão ao risco, em função da crise política norte-americana e com o aumento persistente de casos do covid-19 pelo mundo”, comenta.

Os principais índices do mercado de ações dos Estados Unidos fecharam em alta, apoiados pelo avanço do setor de tecnologia. A exceção foi o Dow Jones, que terminou o dia perto da estabilidade, com leve variação negativa, em meio à instabilidade política e ao aumento de casos de covid-19 no país.

Confira abaixo a variação e a pontuação dos principais índices de ações dos Estados Unidos no fechamento:

Dow Jones: -0,03%, 31.060,47 pontos
Nasdaq Composto: +0,43%, 13.129,00 pontos
S&P 500: +0,22%, 3.809,84 pontos