Huawei pode ser incluída em acordo comercial com China, diz Trump

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou a empresa chinesa Huawei Tecnologies de “muito perigosa” e disse que as reclamações do país sobre a companhia podem ser resolvidas como parte de um acordo possível comercial com a China.

“A Huawei é algo muito perigoso, se você olhar para o que eles fizeram do ponto de vista da segurança, do ponto de vista militar, é muito perigosa”, disse Trump a repórteres ontem à noite, na Casa Branca.

“É possível que a Huawei seja incluída em algum tipo de acordo comercial”, disse Trump. “Se fizermos um acordo, posso imaginar a Huawei sendo incluída em alguma forma de parte de um acordo comercial.” Segundo o presidente, isso seria muito bom para os Estados Unidos.

Ontem mais cedo, o secretário de Estado Norte-americano, Mike Pompeo, disse que a Huawei está ligada ao governo da China e ao Partido Comunista do país, e que essa conectividade coloca a informação norte-americana que atravessa as redes em risco.

A Huawei tem sido alvo de uma campanha de Trump para marginalizá-la nos mercados globais, acusando-a de espionagem e de representar riscos à segurança. A empresa nega as acusações. Na semana passada, Washington colocou a Huawei em uma lista negra, impedindo-a de negociar com companhias norte-americanas, e esta semana adiou a proibição até meados de agosto.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com