Hospitalizações por covid-19 nos EUA alcançam novo recorde

Paciente é levado ao hospital Mount Sinai Nova York / Foto: ONU

São Paulo – O número de hospitalizações devido à covid-19 nos Estados Unidos alcançou um novo recorde, passando de 73 mil, enquanto os casos da doença seguem avançando no país, com infecções diárias acima de 100 mil por 14 dias seguidos. O país registrou nas últimas 24 horas 166.045 novos casos de covid-19, depois de ter reportado 133.045 infecções no dia anterior, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins.

No total, os Estados Unidos – país que possui o maior número de infecções e de mortes no mundo – têm 11.206.054 pessoas contaminas pelo novo coronavírus e 247.229 óbitos ligados à doença, alta de 9956 em 24 horas, depois do avanço de 616 um dia antes.

O Texas é o estado com o mais número de casos nos Estados Unidos, e reportou 1.066.918 contaminações até o momento, seguido pela Califórnia, com 1.044.194, e pela Flórida, com 889.864. Além disso, ao menos dez estados reportaram recorde no avanço de casos diários, como Tennessee, Pensilvânia, Nebraska, Connecticut e Vermont.

As hospitalizações por covid-19 também estão aumentando no país, e alcançaram o recorde de 73.014, de acordo com dados do Projeto Rastreamento Covid – um esforço colaborativo executado por voluntários para rastrear a pandemia em andamento nos Estados Unidos.

O número de hospitalizações ficou acima de 60 mil na semana passada, o que não tinha acontecido nenhuma vez antes de 10 de novembro. Os dados mostram ainda que há 14.313 paciente atualmente internados em UTIs, um número não visto desde abril.