Greve na Petrobras entra no quinto dia e atinge 50 unidades

Foto: Divulgação / Petrobras

Por Leandro Tavares

São Paulo – A Federação Única dos Petroleiros (FUP) disse que os petroleiros entraram no quinto dia de greve em 50 unidades da Petrobras, dividida em 12 Estados, nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste. A paralisação não afeta o fornecimento dos combustíveis.

De acordo com a entidade, os sindicatos estão realizando ações solidárias, como subsidiando os preços do botijão de gás de cozinha na Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. No Espírito Santo, no entanto, os descontos são no preço da gasolina.

No dia 29 de janeiro, a FUP disse que os trabalhadores do sistema Petrobras aprovaram um indicativo de greve por tempo indeterminado, contra as demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen) e o descumprimento do acordo coletivo de trabalho.

Ontem, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra, determinou que 90% dos funcionários da Petrobras mantenham-se no desempenho normal das suas funções. O ministro determinou ainda que os funcionários não impeçam o livre trânsito dentro da empresa e suas subsidiárias.

Em caso de descumprimento, Gandra estabeleceu o pagamento de multa de R$ 500 mil para os sindicatos de porte maior e R$ 250 mil para entidades de porte menor.