Governo prorroga auxílio emergencial por dois meses

269
Foto: Mauro Sakamoto / freeimages.com

Brasília – O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou a prorrogação do auxílio emergencial por mais dois meses, com a possibilidade de o pagamento ser feito em fases.

“A extensão é por dois meses, mas se tivermos a percepção de prolongamento da crise podemos fazer o pagamento faseado”, disse Guedes.

O ministro deu como exemplo o pagamento dasduas parcelas de R$ 600 que poderiam ser feitas com um pagamento de R$ 500 no começo do mês e depois mais um de R$100 e na parcela seguinte um pagamento de R$ 300 e depois um de R$ 300.

Guedes, no entanto, não deixou claro qual será exatamente o cronograma de pagamentos.