Governo espanhol declara estado de emergência por coronavírus

375
Espanha Pedro Sánchez
Primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez. Foto: Divulgação/ Serviço Audiovisual da União Europeia (UE).

São Paulo – O governo espanhol declarou estado de emergência em todo o território nacional como uma forma de otimizar o acesso de governos locais e regionais aos recursos disponíveis para combater a disseminação da pandemia de coronavírus no país. A medida passa a valer a partir de amanhã.

“A declaração de emergência permitirá mobilizar o máximo de recursos do governo central para combater o vírus”, disse Sánchez em pronunciamento televisionado. “É importante que todos sigam as recomendações das autoridades públicas e permaneçam em casa”, acrescentou.

Sánchez disse ainda que o conselho de ministros se reunirá amanhã para declarar um estado de alarme, a primeira das três etapas em estado de emergência, pelos próximos 15 dias.

“Há semanas difíceis pela frente”, disse Sánchez. “Não podemos descartar o alcance de 10 mil casos na próxima semana”, acrescentou.

Várias regiões da Espanha fecharam escolas, proibiram grandes reuniões e ordenaram o fechamento de muitas lojas, já que o número de casos no país rapidamente subiu em quase mil no fim de semana passado.

A Espanha tem hoje mais de 4 mil casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, o número mais alta depois da Itália – foco da pandemia na Europa.