Governo eleva previsão de inflação e crescimento da economia em 2021

Foto: Afonso Lima / freeimages.com

São Paulo – O Ministério da Economia elevou a previsão de inflação e crescimento da economia neste ano, e afirmou que o Brasil apresentou bons resultados no começo de 2021 em relação às expectativas iniciais do mercado. “O destaque é o bom resultado da atividade no primeiro trimestre, apesar do aumento das regras legais de distanciamento. Os dados da indústria e serviços surpreenderam as expectativas de mercado”, afirmou o órgão.

A previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021 aumentou de 3,2% para 3,5%, embora as estimativas de expansão para os anos seguintes tenham permanecido em 2,5%.

“O aumento da projeção do ano corrente se deve à melhora da expectativa do resultado no primeiro trimestre de 2021, a despeito do endurecimento das medidas de distanciamento social. No segundo semestre deste ano, espera-se aceleração do setor de serviços com o maior avanço da vacinação”, disse o ministério em boletim da Secretaria de Política Econômica.

“Para o primeiro trimestre de 2021, espera-se aumento de 0,3% na margem com ajuste sazonal, enquanto na grade anterior a expectativa era de uma retração de 0,7%”, acrescentou.

No caso da inflação, a previsão para este ano aumentou de 4,42% para 5,05%. O governo aponta que os preços dos serviços contribuem positivamente para a inflação acumulada em 12 meses, apresentando valores que estão dentro da meta de inflação estipulada para 2021. “A elevada ociosidade da economia contribui para manter a variação do preço destes baixa e estável neste setor”, acrescentou.