Governo dos EUA avalia próximos passos em relação a Belarus com parceiros

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki / Foto: Casa Branca

São Paulo – A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está ciente do incidente em relação a Belarus, mas está atualmente em coordenação com as nações parceiras para avaliar os próximos passos em resposta ao assunto.

“Certamente estamos considerando a situação”, disse Psaki durante uma coletiva de imprensa. “Mas estamos em coordenação com nossos parceiros ao redor do mundo para avaliarmos as próximas etapas.”

No domingo, um avião da Ryanair que voava de Atenas a Vilnius aterrissou em Minsk por causa de uma ameaça de bomba, que mais tarde se revelou falsa. Entre os passageiros estava Roman Protasevich, um dos fundadores do canal Nexta do Telegram, que foi detido pelas autoridades bielorrussas durante a escala.

Psaki disse que os Estados Unidos estão em contato próximo com seus parceiros na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), União Europeia e Nações Unidas a respeito do incidente.

Psaki também destacou que o assessor de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, levantou preocupações sobre o incidente da Ryanair durante uma discussão com seu homólogo russo Nikolay Patrushev na manhã de hoje.

O presidente Joe Biden foi informado sobre o incidente durante sua reunião diária, disse Psaki.

Ela também disse disse que o incidente é ultrajante e preocupante, acrescentando que os Estados Unidos estão pedindo uma investigação internacional imediata, transparente e confiável.

Julio Viana / Agência CMA