Governador de Goiás sugere troca da Enel pela EDP no Estado

339

São Paulo – Após uma reunião com a Enel, distribuidora de energia elétrica em Goiás, o governador Ronaldo Caiado disse que já não acredita mais nos compromissos da empresa e que buscará junto ao governo federal uma solução mais eficiente, que seria a transação de ativos entre a empresa e outra concessionária.

“É sempre a mesma tese, de que estão investindo mais, que vão melhorar, que as coisas vão acontecer. No entanto, vocês noticiaram no mês de outubro e novembro a maior crise de falta de energia de Goiás. A população não confia mais naquilo que eles assinam e naquilo que eles dizem”, diz Caiado, durante coletiva realizada ontem.

Segundo ele, a companhia mais cotada para assumir seria a Energias do Brasil (EDP), que já tem concessão em São Paulo e no Espírito Santo.

“Traz-se uma perspectiva de esperança, de uma nova mentalidade, de uma capacidade mais célere de poder atender às demandas de Goiás, já que em alguns lugares em que a EDP presta serviço tem sido referência no Brasil”.