GOL prevê geração de caixa líquida diária de R$ 3 milhões em dezembro

Em novembro, a companhia somou R$ 866 milhões vendas brutas consolidadas e vendeu 500 mil bilhetes durante a Black Friday

185
Foto divulgação: Gol Linhas Aéreas

São Paulo – A Gol estima geração de caixa líquida de R$ 3 milhões por dia em dezembro, considerando recuperação de receitas e fluxo de caixa positivo, e de R$ 2 milhões diários no primeiro trimestre de 2021.

Em nova atualização dos dados da companhia em novembro, destacou a geração de caixa líquido pela primeira vez, de R$ 3 milhões por dia, incluindo o pagamento integral de seu serviço de dívida e despesas financeiras, um resultado considerado melhor em comparação ao consumo líquido de caixa de R$ 3 milhões ao dia que a companhia havia projetado para esse período.

A companhia encerrou novembro com liquidez total de R$ 2,3 bilhões. Incluindo valores financiáveis de depósitos e ativos não onerados, as fontes potenciais de liquidez da companhia totalizam aproximadamente R$ 6 bilhões e prazo médio de vencimento de dívida de longo prazo é de três anos, excluindo arrendamento de aeronaves e notas perpétuas.

A companhia também somou R$ 866 milhões vendas brutas consolidadas no mês e a venda de 500 mil bilhetes durante a Black Friday.

Segundo a empresa, a busca por passagens aéreas aumentou 35% em relação a outubro e houve aumento de 20% nas vendas em todos os canais de comercialização.

RETORNO DO BOEING 737 MAX

Em relação à aprovação do retorno das operações do jato Boeing 737 MAX, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em novembro, a companhia estima o retorno de seus sete MAX-8 à operação em sua frota ainda em 2020.