Fórum de Davos será adiado até segundo semestre de 2021 por pandemia

174

São Paulo – O Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, será adiado até o verão de 2021 – que no hemisfério norte vai de junho a setembro – devido à pandemia do novo coronavírus, que já contaminou quase 24 milhões de pessoas em todo o mundo e não dá sinais de que vai desaparecer tão cedo.

“A decisão não foi tomada facilmente, uma vez que a necessidade de líderes globais se unirem para projetar um caminho de recuperação comum e moldar a ‘grande restauração’ na era pós-covi-19 é urgente”, disse o diretor administrativo da engajamento público no WEF, Adrian Monck, em um comunicado.

Na semana de 25 de janeiro, data em que o encontro deveria ter início, o fórum vai se reunir digitalmente sob os “Diálogos de Davos”, em que os principais líderes mundiais e executivos vão compartilhar suas visões sobre a situação global em 2021.

Os organizadores do evento, que este ano completou 50 anos, ainda forneceram detalhes sobre a data e local da reunião anual do próximo ano.