Fitch rebaixa rating da Arábia Saudita de A+ para A

159
Barris de petróleo. (Ian Burt/Flickr)

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A agência de classificação de risco Fitch Ratings rebaixou a nota de crédito da Arábia Saudita de ‘A+’ para ‘A’, com perspectiva estável, devido a riscos de novos ataques a instalações de petróleo do país.

Ataques de drones e mísseis, realizados no dia 14 de setembro e atribuído ao Irã, à infraestruturas de petróleo da Arábia Saudita resultaram na suspensão temporária de mais da metade da produção de petróleo do país.

“Embora a produção de petróleo tenha sido totalmente restaurada até o final de setembro, acreditamos que existe o risco de novos ataques à Arábia Saudita, que podem resultar em danos econômicos”, afirma a Fitch em relatório.

Segundo a agência, “a Arábia Saudita é vulnerável ao aumento das tensões geopolíticas, dada sua posição de destaque na política externa, incluindo seu estreito alinhamento com a política dos Estados Unidos sobre o Irã e seu envolvimento contínuo na guerra do Iêmen”.

Por fim, o relatório destaca que o enfraquecimento adicional previsto dos preços do petróleo para 2020 e 2021 criará fatores contrários à consolidação fiscal e a meta do governo de equilibrar o orçamento até 2023. Uma deterioração significativa do balanço do setor público pode levar a novos rebaixamentos do rating, diz a Fitch.