Fernández agradece a FMI e indica que honrará compromissos

188

Por Julieta Marino

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, e a vice-presidente eleita, Cristina Kirchner. Foto: Divulgação/ Alberto Fernández

Buenos Aires – O presidente-eleito da Argentina, Alberto Fernández, agradeceu os cumprimentos enviados pela diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, e indicou que vai honrar os compromissos assumidos com a instituição.

“Muito obrigado Kristalina Georgieva por seu cumprimento. Os argentinos também esperamos sair o quanto antes possível desta crise para voltar a crescer e que isso nos permita cumprir com nossos compromissos, além de ter uma economia sólida que nos beneficie a todos”, disse ele em sua conta no Twitter.

Georgieva felicitou Fernández pela vitória nas eleições presidenciais da Argentina e afirmou que colaborará com o governo dele no enfrentamento de desafios econômicos impostos ao país. O Fundo esperava a conclusão das eleições para renegociar a dívida da Argentina com a instituição.

No início de outubro, o governo atual da Argentina, presidido por Mauricio Macri, tentou conseguir a liberação de uma nova parcela de empréstimos do FMI à Argentina, de US$ 5,4 bilhões, mas o Fundo preferiu esperar o resultado das eleições para renegociar o plano de financiamento aos argentinos.

Edição: Gustavo Nicoletta (g.nicoletta@cma.com.br)