Fauci diz que Israel deve obter imunidade contra covid-19 e EUA será o próximo

Foto: BioNTech

São Paulo – O conselheiro médico chefe da Casa Branca, Anthony Fauci, disse acreditar que Israel deve alcançar a imunidade de rebanho contra o covid-19 em breve e espera que os Estados Unidos seja o próximo país a alcançar o objetivo.

“Israel conseguiu diminuir o número de novos casos para praticamente nada usando a vacinação intensa em meio a lockdowns. Acredito que nós também estamos a caminho disso, o que devemos fazer é manter o esforço de estímulo de vacinação para todos”, disse ele em coletiva de imprensa.

Ele destacou a necessidade de comunidades mais jovens buscassem a vacinação. “Hoje, o grupo mais resistente à imunização é o dos menores de 30 anos. Mas não é porque você está nessa faixa etária que está imune às consequências do vírus, principalmente com suas mutações. Além disso, é um esforço para garantir que você não seja vetor de transmissão para outros”, afirmou ele. “Crianças e jovens imunes significa uma comunidade mais protegida”.

Ele afirmou que acredita firmemente que Israel alcançará “imunidade de rebanho”, uma situação em que uma parte suficiente da população é imune ao contágio por vacinação ou recuperação, de forma que não se espalhe significativamente para o resto.

Sobre outros países, ele afirmou que devem alcançar o mesmo objetivo mas em tempo mais prolongado. “Acho provável que a vacinação continuará por vários anos”, previu.