EUA têm quase 200 mil casos de covid-19 por dia; vacinação é ampliada

212
Foto: BioNTech

São Paulo – O número de novos casos de covid-19 por dia nos Estados Unidos subiu em quase 200 mil, enquanto o número de hospitalizações alcançou um novo recorde pelo décimo dia seguido, na medida em que o país amplia a vacinação contra a doença e aguarda a aprovação de mais uma vacina.

Segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, foram 198.357 novos infectados no último dia, totalizando 16.725.039 de casos no país. Ao todo, 303.867 pessoas morreram devido ao novo coronavírus, alta de 3.019 em um dia.

Já as hospitalizações pelo novo coronavírus alcançaram um novo recorde e somam 112.816, de acordo com dados do Projeto Rastreamento Covid – um esforço colaborativo executado por voluntários para rastrear a pandemia em andamento nos Estados Unidos.

Os dados mostram ainda que há 21.897 paciente atualmente internados em unidades de terapia intensiva (UTIs) e 7.702 pessoas em respiradores.

A Califórnia é o estado com o mais número de casos nos Estados Unidos, e reportou 1.652.718 contaminações até o momento, seguido pelo Texas, com 1.512.531. O terceiro estado com mais infecções no país é a Flórida, com 1.143.794.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, disse ontem que o estado estava se preparando para uma alta de mortes pela doença.

Em Nova York, quinto estado com mais casos, as infecções somam 794.557. O avanço da doença levou o prefeito da capital, Bill De Blasio, a afirmar que a megalópole deve se preparar para um período de total fechamento, já que as hospitalizações diárias se aproximam do seu limite.

A partir de ontem, mais hospitais dos Estados Unidos começaram a receber remessas da vacina contra covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech, enquanto a Food and Drug Administration (FDA, equivalente a Anvisa no Brasil) reconheceu a eficácia da vacina da Moderna, a próxima na linha de aprovação.