EUA libera da obrigatoriedade do uso de máscara pessoas vacinadas

Homem usando máscara anda de bicicleta por ruas vazias após pandemia de covid-19 / Foto: ONU

São Paulo – O Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) ajustou as recomendações para o uso de máscaras, permitindo que pessoas que completaram o ciclo de imunização contra a covid-19 possam abandonar coberturas faciais sob algumas condições.

De acordo com as recomendações atualizadas, as pessoas totalmente vacinadas nos Estados Unidos já podem fazer exercícios ao ar livre sem o uso de máscaras e também podem ser reunir com outras pessoas vacinadas em pequenos grupos também sem as coberturas faciais.

O mesmo se aplica a jantares em um restaurante ao ar livre e a pequenas reuniões ao ar livre que incluem algumas pessoas não vacinadas. No entanto, as pessoas vacinadas ainda devem usar máscaras em ambientes públicos internos e externos, onde há um risco substancial de transmissão do covid-19, como shows, eventos esportivos e outras reuniões com aglomerações.

Os totalmente vacinados também devem usar máscaras em reuniões internas com pessoas não vacinadas, visitas a salões de beleza, shopping center, museu, cinema ou local de culto que concentrem muitas pessoas. Os vacinados também devem usar máscaras se cantarem em um coro interno.

Segundo a diretora do CDC, a doutora Rochelle Walensky, o relaxamento das recomendações para o uso de máscara é a prova de que as vacinas contra a covid-19 são eficazes.

“Os novos dados mostram que a transmissão nos Estados Unidos está concentrada em locais fechados. Como estamos vacinando pessoas com 18 anos – que já são 7% dos imunizados no país – e cada vez mais adultos estão recebendo suas doses, o CDC atualizou as recomendações, que devem passar por novos ajustes ao passo que o processo de vacinação for acelerando”, disse Walensky, em coletiva de imprensa.

De acordo com dados do CDC, os Estados Unidos registraram 34.641 novos casos de covid-19 em 24 horas, uma queda de 34,5% com relação ao dia anterior, quando o país reportou 52.957 infecções pelo novo coronavírus. O número de mortes diárias por covid-19 no país foi de 294, uma queda de 53,3% em relação às 24 horas anteriores, quando 630 pessoas morreram da doença.

Já o número de pessoas completamente vacinadas contra a covid-19 nos Estados Unidos chegou a 95.888.088, ou o equivalente a 28,9% da população, ainda de acordo com dados do CDC. Os norte-americanos que tomaram apenas uma dose somam 140.969.663, ou 42,5% da população.