EUA exercem opção para 100 mi de doses extras da vacina da Moderna

274
Foto: BioNTech

São Paulo – O governo norte-americano exerceu sua opção de comprar mais de 100 milhões de doses da candidata à vacina contra a covid-19 da Moderna, elevando o pedido confirmado para 200 milhões de doses.

De acordo com comunicado da empresa de biotecnologia, das primeiras 100 milhões de doses adquiridas pelo governo dos Estados Unidos, aproximadamente 20 milhões de doses serão entregues até o final deste mês e o restante será entregue no primeiro trimestre de 2021.

O novo pedido de hoje de 100 milhões de doses será entregue no segundo trimestre de 2021. Essas entregas estão sujeitas, em cada caso, ao recebimento de uma autorização de uso de emergência da Food and Drug Administration (FDA, equivalente a Anvisa no Brasil).

Como parte da Operação Warp Speed, o governo norte-americano tem a opção de comprar até 300 milhões de doses adicionais do imunizante da Moderna.

“Agradecemos a confiança que o governo dos Estados Unidos continua a ter no mRNA-1273, nossa vacina candidata contra a covid-19, demonstrada por este acordo de fornecimento aumentado”, disse o executivo chefe da Moderna, Stéphane Bancel.

“Continuamos a aumentar nossa capacidade de fabricação nos Estados Unidos e fora dos Estados Unidos. Paralelamente, solicitamos uma autorização de uso de emergência junto à FDA e uma autorização junto à Agência Europeia de Medicamentos, e continuaremos a trabalhar com agências regulatórias em todo o mundo para continuar o processo de revisão contínua. Continuamos empenhados em ajudar a resolver esta pandemia global com a nossa vacina ”, acrescentou.