EUA alcançaram a marca de 300 milhões de doses administradas

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo- O presidente norte-americano, Joe Biden, afirmou que os Estados Unidos atingiram a marca de 300 milhões de doses de vacina contra a covid-19 administradas. Ele pediu que as pessoas que ainda não foram se imunizar o façam o mais rápido possível para conter o surgimento de variantes mais perigosas do novo coronavírus.

“Acharam que era impossível, quando eu assumi, que o processo de vacinação chegasse no ponto em que está. Hoje alcançamos 300 milhões de doses administradas, mas ainda temos um longo caminho a percorrer até que a pandemia esteja controlada nos Estados Unidos”, disse ele em pronunciamento na Casa Branca.

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, até o dia 17 foram distribuídas 377.215.060 doses para a vacinação no país, e foram administradas 314.969.386 doses.

“A vacinação está permitindo que os norte-americanos retomem suas rotinas, que os negócios sejam reabertos. Nas áreas onde as pessoas estão se vacinando, os números de casos e hospitalizações estão caindo, já nas áreas onde as pessoas não foram se imunizar, esses números avançam”, afirmou ele.

No discurso, Biden mencionou o risco das variantes do coronavírus, chamando atenção para a delta, cepa que foi inicialmente identificada na Índia. “As variantes do coronavírus são um risco. A variante delta é mais transmissível e provoca mais mortes, especialmente entre os jovens, então vá se vacinar”, disse ele.

Questionado por um repórter se havia risco de novo bloqueio nacional por conta da disseminação da variante delta nos Estados Unidos, Biden afirmou: “Não. Estamos nos vacinando para isso. As vacinas já mostraram eficácia para essa variante e, por isso, peço às pessoas que se imunizem o quanto antes”.

Os Estados Unidos são o país com o maior número de contaminações e de mortes pelo novo coronavírus no mundo. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, as infecções somam 33.510.275. O país reportou 10.399 novos casos de covid-19 em 24 horas, acima dos 12.433 registrados um dia antes. As mortes ligadas à doença totalizam 600.944.

Para conter o avanço da covid-19 no país, Biden estabeleceu como meta imunizar 70% dos norte-americanos com pelo menos uma dose de vacina até o dia 4 de julho. Segundo os dados mais recentes fornecidos pelo CDC, o percentual nacional está em 44,5%.