Estatal diz que monitora mercado após ataque no Oriente Médio

231
Foto: Divulgação/Petrobras

São Paulo – A Petrobras afirmou que segue o processo de monitoramento do mercado internacional de petróleo, após os últimos acontecimentos no Oriente Médio, no qual um ataque norte-americano no Iraque matou o líder de uma ala da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã, o general Qassem Soleimani.

Em comunicado, a estatal ressaltou que, de acordo com suas práticas de precificação vigentes, não há periodicidade pré-definida para a aplicação de reajustes.

“A empresa seguirá acompanhando o mercado e decidirá oportunamente sobre os próximos ajustes nos preços”.