Estados Unidos negociarão com Coreia do Norte apesar de pedido para afastar Pompeo

Secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo. Foto: State Department photo/ Public Domain

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – Os Estados Unidos estão prontos para negociar com a Coreia do Norte, apesar do pedido de Pyongyang para que o governo do presidente norte-americano Donald Trump remova o secretário de Estado do país, Mike Pompeo, de qualquer negociação nuclear, disse uma autoridade do Departamento de Estado à agência de notícias “Sputnik”.

No início do dia, a agência de notícias estatal da Coreia do Norte, KCNA, informou que uma autoridade do alto escalão do Ministério de Relações Exteriores do país, Kwon Jong Gun, pediu aos Estados Unidos para substituir Pompeo por um negociador mais cuidadoso e maduro. Kwon culpou Pompeo pelo fracasso da segunda reunião entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, em fevereiro.

“Estamos cientes do relato. Os Estados Unidos continuam prontos para participar com a Coreia do Norte de uma negociação construtiva”, disse a autoridade, quando questionada sobre a demanda de Pyongyang. De acordo com a KCNA, Kwon disse que Kim e Trump continuaram a ter boas relações, apesar do fracasso de suas mais recentes negociações de desnuclearização em Hanói, no Vietnã.

Em sua primeira reunião histórica em Singapura em junho do ano passado, Trump e Kim concordaram que a Coreia do Norte faria esforços para a completa desnuclearização da Península Coreana em troca do congelamento dos exercícios militares sul-coreanos e a remoção gradual das sanções.

Enquanto esperava-se que um acordo fosse assinado na segunda reunião em Hanói no final de fevereiro, Trump se afastou das negociações, já que Kim exigiu a remoção total das sanções contra a Coreia do Norte sem prometer desnuclearizar os locais que os Estados Unidos haviam especificado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com