Estados Unidos e Turquia concordam com cessar-fogo na Síria

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e vice-presidente, Mike Pence. Foto: Gage Skidmore from Peoria, AZ, United States of America

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – Os Estados Unidos e a Turquia concordaram a um acordo de um cessar-fogo temporário de cinco dias na Síria, e nesse período não serão aplicadas novas sanções econômicas à Ancara, disse o vice-presidente norte-americano, Mike Pence.

“Chegamos a um acordo com a Turquia de não agressão na Síria”, disse Pence, em coletiva em imprensa, após se reunir com o presidente turco, Recep Erdogan, juntamente com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo.

“Será uma pausa nas operações militares por 120 horas para permitir a retirada ordenada das forças de Unidades de Proteção Popular (YGP, na sigla em curdo)”, disse Pence. “Quando isso for completado, a Turquia concordou com um cessar-fogo permanente”.

Ele disse que a retirada das forças curdas já começou, e que elas serão encaminhadas para uma zona segura. “Os Estados Unidos não aprovaram as ações da Turquia na Síria, mas sempre apoiaram uma zona segura”, afirmou Pence. “Os Estados Unidos e a Turquia se comprometeram mutualmente com resoluções pacíficas futuras”.

Na semana passada, os Estados Unidos começaram a retirar suas tropas da
fronteira entre a Síria e a Turquia, o que levou Ancara invadir o país vizinho e atacar as forças curdas, que considera terroristas, e que até então eram aliados norte-americanos na luta contra o Estado Islâmico.

Além disso, Pence afirmou que, com o cessar-fogo, os Estados Unidos não aplicação novas sanções à Turquia, e que o presidente Donald Trump vai suspender as sanções já em vigor quando a pausa nas operações for
permanente. “Se não houvesse cessar-fogo, haveria uma nova rodada de sanções massivas à Turquia”, disse.

“Com um cessar-fogo nos próximos cinco dias, não vamos implementar
sanções nesse período de tempo. Com um cessar-fogo permanente e retirada ordenada das forças YPG, os Estados Unidos vão retirar as sanções”,
concluiu.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com