Ernesto Araújo diz que não houve novidade em fala de Mike Pompeo em Boa Vista

140
O ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o deputado Eduardo Bolsonaro durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados

Brasília – O ministro de Relaçõs Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou hoje na Comissão de Relações Exteriores do Senado Federal, que “não foi apresentada nenhuma novidade em relação ao posicionamento americano nem brasileiro na reunião de Boa Vista”, onde o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo esteve e afirmou em tom de crítica que o estado de Roraima tem uma relação pacífica com o país vizinho há séculos.

Pompeo fez duras críticas ao regime de Nicolás Maduro na Venezuela. Roraima faz fronteira com o país. Na ocasião parlamentares repudiaram a fala do secretário estadunidense alegando intervenção nas relações diplomáticas do Brasil para “campanha político-partidária”, como afirmou nota de repúdio de deputados opositores na Câmara.

Araújo rechaçou essas críticas dizendo que há convergência entre Republicanos e Democratas sobre a situação da Venezuela, e uma fala do secretário não afetaria, em última instância, a posição diplomática dos norte-americanos.

“Como faz sentido pensar nisso como uma plataforma eleitoral já que não há diferença substantiva de posições de Republicanos e Democratas em relação a Venezuela. Ou seja, tudo indica, que se tenha vitória dos Democratas nas eleições em novembro, a atitude norte-americana para Venezuela continuará exatamente a mesma”, afirmou.