Energias do Brasil tem alta de 1,9% em volume de energia distribuída

Foto: Alain Schroeder/União Europeia

São Paulo – O volume de energia distribuída pela Energias do Brasil (EDP), que soma EDP São Paulo e EDP Espírito Santo, alcançou 6.598 megawatts-hora (MWh) no quarto trimestre de 2020, alta de 1,9%. Do total, a EDP São Paulo distribuiu 4.056 MWh, alta de 2,5%, enquanto a unidade do Espírito Santo teve alta de 1% e somou 2.542 MWh.

No período, 3.032 MWh foram no mercado livre, elevação de 5,9%. O mercado cativo, por sua vez, registrou baixa de 1,3% e totalizou 3.566 MWh.

O segmento residencial teve crescimento de 7,6% e somou 1.724 MWh, e o industrial atingiu 2.898 MWh, alta de 3,7%.

O volume de geração consolidada, que envolve hidrelétricas e térmicas, atingiu 1.664 gigawatts-hora (GWh) no quarto trimestre, queda de 53,8%.

A energia comercializada no período totalizou 4.854 GWh no trimestre, volume 55,9% menor que o visto no mesmo período do ano anterior.

Segundo a EDP Brasil, o resultado é decorrente da volatilidade no preço de energia, refletindo em aumento do risco de crédito entre os peers de mercado e às medidas protetivas para um cenário de default, consequentemente reduzindo o volume comercializado.