Empresa suspende projeções de 2020 em função do coronavírus

258
Foto divulgação: Azul Linhas Aéreas

São Paulo – A Azul divulgou suas projeções para 2020 de olho no potencial impacto do Covid-19, nome do novo coronavírus. Diante disso, a empresa está tomando medidas para reduzir o impacto, prevendo redução da capacidade internacional entre 20% a 30% em relação ao plano original.

Para 2020, o crescimento total da capacidade de 20%, da oferta de queda de 3% e a margem operacional alta de 20% estão suspensas, por enquanto. “Publicaremos uma projeção atualizada assim que tivermos maior visibilidade sobre o impacto do vírus em nossos negócios”, diz o comunicado.

A empresa prevê ainda a redução do crescimento doméstico de forma preventiva, continuidade no plano de substituição de aviões E1s por E2s, e suspenção das entregas incrementais.

Além disso, a Azul suspendeu novas contratações e lançamento do programa de licença não remunerada e negociação de novas condições de pagamento com parceiros para preservar o caixa.