Empresa retira projeção de ebitda do negócio de cerveja no Brasil

235

São Paulo – A Ambev informou que devido à volatilidade e o rápido desenvolvimento da pandemia do Covid-19, nome do novo coronavírus, a companhia está impossibilitada de estimar de forma fidedigna a projeção de ebitda para o negócio de Cerveja no Brasil, que previa uma queda entre 17% e 20% no primeiro trimestre de 2020.

Em comunicado, a cervejaria reiterou que a saúde e a segurança de sua gente e de suas comunidades são sua principal prioridade e que está trabalhando próxima aos governos, autoridades locais, parceiros comerciais, comunidades e acionistas para enfrentar o surto da doença da melhor maneira possível.

A empresa ressaltou ainda que a magnitude do coronavírus tem crescido rapidamente causando disrupções e impondo restrições a diversos clientes, consumidores, fornecedores e outros parceiros comerciais, incluindo quarentena obrigatória, paralisações e restrições a viagens, atividades comerciais e sociais, dentre outras.