Em retaliação, China manda fechar consulado de Estados Unidos em Chengdu

432

São Paulo – A China ordenou o fechamento do consulado dos Estados Unidos na cidade de Chengdu, como retaliação à decisão de Washington de encerrar a missão chinesa em Houston, de acordo com o Ministério de Relações Exteriores chinês, em comunicado.

O ministério “informou a embaixada dos Estados Unidos na China de sua decisão de retirar seu consentimento para o estabelecimento e operação do Consulado Geral dos Estados Unidos em Chengdu. O Ministério também fez exigências específicas sobre a cessação de todas as operações e eventos pelo Consulado Geral”, diz a nota.

“A medida adotada pela China é uma resposta legítima e necessária ao ato injustificado dos Estados Unidos”, segundo o comunicado. Para a China, a decisão norte-americana de fechar o consulado em Houston foi “uma provocação unilateral” e “prejudicou gravemente as relações entre China e Estados Unidos”.

Na quarta-feira, os Estados Unidos ordenaram o fechamento abrupto do consulado da China em Houston, alegando uma necessidade de proteger a propriedade intelectual norte-americana e dados privados. O secretário de Estado Norte-americano, Mike Pomepo, disse ontem que o consulado chinês era um hub de espionagem.

O Ministério de Relações Exteriores chinês afirmou ainda que a situação atual nas relações com os Estados Unidos não é o que a China deseja, mas que os norte-americanos são os responsáveis uma vez, apelamos aos Estados Unidos a revogarem imediatamente sua decisão errada e a criar as condições necessárias para retomar o relacionamento bilateral”.