Em primeira conversa, Biden e Putin concordam em estender pacto nuclear

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, teve sua primeira conversa oficial ao telefone com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e eles concordaram em estender o Novo Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Start, na sigla em inglês), além de
abordarem outras questões incômodas.

“Eles discutiram a disposição de ambos os países de estender o Novo Start por cinco anos, concordando em ter suas equipes trabalhando urgentemente para concluir a extensão até 5 de fevereiro. Eles também concordaram em explorar as discussões de estabilidade estratégica em uma série de controle de armas e questões de segurança emergentes”, diz a Casa Branca, em comunicado publicado ontem.

O acordo dá continuidade aos pactos nucleares assinados entre os dois países durante a Guerra Fria, limitando a capacidade de ogivas nucleares e de mísseis e bombardeiros.

Além disso, “o presidente Biden reafirmou o firme apoio dos Estados Unidos à soberania da Ucrânia”. Parte do território do país, a Criméia, está sob controle russo.

Segundo a casa Branca, Biden também levantou outras questões preocupantes, incluindo o hackeamento da empresa SolarWinds, relatos de que a Rússia concedeu recompensas a soldados dos Estados Unidos no Afeganistão, interferência na eleição de 2020 nos Estados Unidos e o envenenamento do ativista político russo Aleksey Navalny.

Navalny foi envenenado no ano passado pelo agente químico novichok na Alemanha, e acusa o governo russo por atentar contra sua vida. A Rússia nega envolvimento, enquanto investiga criminalmente o ativista acusando-o de desviar doações para sua Fundação Anticorrupção.

“O presidente Biden deixou claro que os Estados Unidos agirão com firmeza na defesa de seus interesses nacionais em resposta às ações da Rússia que nos prejudiquem ou a nossos aliados. Os dois presidentes concordaram em manter uma comunicação transparente e consistente no futuro”, diz a nota.