Demissão voluntária de 2.367 funcionários custará R$ 260 milhões

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – O Banco do Brasil vai demitir 2.367 funcionários que aderiram a um programa de demissão voluntária lançado pela instituição e terá um custo estimado de R$ 260 milhões com este processo, disse a instituição em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

No mesmo documento, o Banco do Brasil afirma que a partir do ano que vem espera economizar R$ 490 milhões anuais com a redução no quadro de funcionários, que ocorreu para “regularizar vagas e excessos em dependências e praças otimizando a distribuição da força de trabalho nas unidades”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com